terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Beto Barbosa está na UTI após cirurgia por causa de câncer


Beto Barbosa está internado na UTI do Centro Oncológico da Beneficência Portuguesa, em São Paulo. O cantor se recupera da cirurgia pela qual passou, na última quinta-feira (17). “Graças a Deus, estou bem”, disse ao colunista Ricardo Feltrin.
Os médicos retiraram a próstata e também a bexiga do veterano – ambos foram afetados pelo câncer que havia sido diagnosticado no ano passado. A operação durou cerca de 8 horas.
Apesar de delicado, o procedimento foi bem-sucedido. O artista deve ser transferido à ala comum em breve.
Famosidades e MAIS PB

Primeiro dia de oficina da UFPE no meu Quintal foi um sucesso

Iniciando os trabalhos articulados as secretarias municipais e organizado pela Secretaria de Educação, os monitores ministraram as primeiras oficinas no município de Solidão com êxito. Foram ofertadas oficinas na sede do município, Povoados Pelo Sinal e São Francisco, além das comunidades do Caldeirão Grande e Berreiros com atendimento a um público diversificado. Em acompanhamento as ações percebe-se a satisfação de todos os envolvidos. Dentre as oficinas oferecidas pode-de destacar algumas delas:Primeiros Socorros, Política pública- Conselho Municipais, Jogos Olímpicos,Movimentação no ambiente de Trabalho, qualidade de ensino no campo e na cidade, produção audiovisual, produção de tintas, entre outras.E as ações prosseguem até sábado. As inscrições ainda estão sendo realizadas na Secretaria de Educação com a equipe de coordenação. Não percam a oportunidade de enriquecer seu aprendizado. Tem cursos para todas as idades e categorias profissionais.

Fotos Lindinalva Santos e Girleno Veras 

















Número de mulheres mortas em Pernambuco pode ser 20% maior que o oficial


Faminicídio lidera lista de motivações de crimes contra a mulher em Pernambuco. Foto: JC Imagem/Arquivo
Balanço divulgado na semana passada pela Secretaria de Defesa Social (SDS) aponta que 239 mulheres foram assassinadas em Pernambuco em 2018. Mas o número pode ser até 20% maior que o oficial. O Ronda JC apurou que outros 45 óbitos foram classificados como “mortes a esclarecer”, ou seja, ainda não foram identificados como crimes e, por isso, não entraram para as estatísticas.
Nos números oficiais, por exemplo, a SDS afirma que foram registrados 75 feminicídios no ano passado – um a menos que em 2017. Mas, de acordo com dados coletados no Instituto de Medicina Legal (IML), acredita-se que pelo menos outros dois casos que estão classificados como morte a esclarecer podem ser alterados para feminicídios. Se confirmado, a estatística sobe para 77 crimes desse tipo.
Se todos os óbitos que estão como “mortes a esclarecer” forem reclassificados como homicídios, ao final da investigação da polícia, o número pode saltar de 239 para 284 assassinatos de mulheres em 2018. Mas algumas dessas mortes misteriosas podem também se tratar de suicídio ou provocadas por mal súbito, por exemplo.  JC

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Os Estudantes, Coordenação e Professores Responsaveis Pelo Projeto UFPE No Meu Quintal São Recepcionados Na Cidade de Solidão Em Grande Estilo.

Na abertura se pronunciou o coordenador do Projeto da UFPE falando da grandeza e satisfação de partilhar a experiência com os municípios e da importância da parceria com a Prefeitura de Solidão e Secretaria de Educação. Também se pronunciaram a Secretaria de Educação e o prefeito Djalma Alves de Souza dando as boas vindas aos 83 estudantes e toda equipe de organização do evento, convidando os munícipes a participarem das ações que serão desenvolvidas durante toda semana. Na oportunidade prestaram homenagens ao nosso sertão com boas vindas a toda equipe, o poeta Saulo e a poetisa Milena Augusto seguida das apresentações culturais Xaxado Bandoleiros de Solidão e Quadrilha FogueirART. A festa de abertura do Projeto concluiu-se com a animação da dupla de Afogados da Ingazeira,  com um repertório específico aos universitários


Fotos Girleno Veras, Francisca Ferreira e Lindinalva Almeda