sábado, 21 de abril de 2018

AFOGADOS DA INGAZEIRA: HOMEM É MORTO A TIROS DENTRO DO SEU PRÓPRIO CARRO

Foto: Humberto Alves
A cidade de Afogados da Ingazeira no sertão de PE, registrou mas um homicídio na sua história de cidade calma do sertão. A vítima foi um  taxista identificado como Neguinho da Caravan, foi assassinado à tiros por volta das 07h50 da manhã deste sábado 21, em frente a sua residencia na Rua Valdecir Xavier de Menezes, no Bairro São Brás, na cidade de Afogados da Ingazeira, nas proximidades da saída para a comunidade rural da Queimada Grande.
Segundo informações repassadas por populares  dois homens homens utilizando uma motocicleta não identificada, abordaram o taxista quando estava dentro de um veiculo Parati, ano 1985, de cor azul, de placas MMS- 8705 e efetuaram vários tiros, um deles atingiu a vítima no ouvido, levando o mesmo a óbito no local.

A Policia foi acionada e está realizando diligências nas proximidades no intuito de localizar os autores do crime. O corpo foi encaminhado ao Hospital Regional Emilia Câmara.Com informações de Cauê Rodrigues 

'É fácil bater no Michel Temer! Quero ver fazer', diz Temer


O presidente citou a redução dos juros básicos da economia e da inflação, além da proposta do governo de aumentar o salário mínimo para R$ 1.002 / Foto: Reprodução / Facebook

Agência Brasil e JC


O presidente Michel Temer adotou um tom diferente do habitual em pronunciamento na noite de hoje (20), em cadeia de rádio e TV. Em discurso duro, ele defendeu seu governo e partiu para ofensiva contra os críticos, aqueles que, segundo ele, tentam “bater bumbo” pelo fracasso do país.
Logo no início do vídeo, o presidente lê um trecho do livro "Romanceiro da Inconfidência", de Cecília Meireles, que fala sobre liberdade.


“É fácil bater no Michel Temer! É fácil bater no governo, é fácil só criticar. Quero ver fazer. Quero ver conquistar! Quero ver construir e realizar o que nós conseguimos avançar em tão pouco tempo. A torcida organizada pelo fracasso tenta bater bumbo. Tenta perder o jogo todos os dias. A verdade é que o Brasil virou esse jogo”, afirmou Temer no pronunciamento.
O presidente citou a redução dos juros básicos da economia e da inflação, além da proposta do governo de aumentar o salário mínimo para R$ 1.002.
“Falo da menor inflação e dos menores juros de todos os tempos, que protegem o dinheiro do trabalhador [...]. Falo da volta do crescimento econômico e do projeto do maior salário mínimo da história”. Temer também citou a criação do Ministério da Segurança Pública e a intervenção federal no Rio de Janeiro.

Confira o discurso completo do presidente

Tiradentes

O pronunciamento terá como gancho o Dia da Inconfidência, também conhecido como Dia de Tiradentes. O presidente fará a relação entre o feriado de 21 de abril e a liberdade que existe no Brasil. Liberdade de se expressar e “agir segundo a própria vontade, desde que isso não prejudique o outro”.
“Somos livres e vivemos em um Estado Democrático de Direito, onde deve haver o respeito mútuo, o respeito às leis e, principalmente, o respeito à Constituição Federal. Desrespeitá-la é criar insegurança e instabilidade entre pessoas e instituições”, acrescentou.
Após lembrar uma série de medidas do mandato e citar ataques contra seu governo e a si próprio, o presidente afirma que Tiradentes foi condenado por defender um Brasil livre. “Que nesse 21 de abril, lembremos que Tiradentes foi acusado e condenado por lutar e defender um Brasil livre, forte e independente. Ao final, a história lhe deu a vitória maior. Seu exemplo de luta é exemplo para todos nós que trabalhamos para trazer mais conquistas ao Brasil”.

Eleições

Temer afirma ainda no pronunciamento que, como presidente, trabalhará para que as eleições – em um “ano de escolhas” - ocorram com tranquilidade. Ele também pede “paz, justiça, segurança, responsabilidade”, depois de afirmar que é preciso “acabar de vez com uma disputa irracional que busca jogar uns contra outros”.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Confira cinco alimentos que substituem remédios na hora da ressaca para curar bebedeira


 Alimentos que ajudar a curar a bebedeira (Foto: Thought Catalog / Unsplash)
Esqueça os remédios e invista nos alimentos para se recuperar de uma ressaca daquelas. Sim, é possível substituir a química por produtos naturais na recuperação.
Selecionamos 5 alimentos que vão te ajudar a acabar com a dor de cabeça pós-ressaca. Confira!
Banana
A banana é um dos alimentos mais ricos em potássio, além de ser super nutritiva e conter uma quantidade considerável de fibras. A fruta pode ser uma enorme aliada quando ingerimos álcool, já que o potássio do sangue é desregulado e ela minimiza esse problema.
Suco de tomate
Rica em sódio e potássio, a bebida te ajudará a acabar rapidamente com o mal-estar causado após a bebedeira. Além disso, por conter açúcares e combater a redução do nível de glicose no sangue, ele ainda ajudará na hidratação do seu corpo, expulsando o acúmulo de substâncias causadoras do enjoo e enxaquecas.
Abacate e laranja
Saboroso e versátil, o abacate é cheio de benefícios já citados. Um deles, inclusive, é a redução das náuseas. Já a laranja, por ser rica em vitamina C, contém excelente valor nutritivo e é perfeito por ajudar a metabolizar o álcool do seu fígado, reduzindo a sensação de mal-estar.
Leite
O leite, que também é um dos principais alimentos para a saúde dos idosos, irá te ajudar nos momentos em que você utilizaria a aspirina.

Por causa da internet, estudo diz que os casais ficarão sem sexo em 2030


 Dedicar horas do dia aos programas de televisão, séries e a internet diminui a libido e o sexo, segundo pesquisador (Foto: shutterstock)
Se você acha que a sua vida sexual está difícil, saiba que tudo pode piorar. De acordo com um estudo da Universidade de Cambridge, os casais ficarão sem sexo em 2030. É isso mesmo! Para o professor e estatístico David Spiegelhalter, responsável pela pesquisa britânica, o resultado tem a ver com o tempo que passamos conectados.
“Uma das causas de uma baixa libido são as séries que muitas vezes assistimos sem parar durante horas e horas. Por isso, constantemente trocamos nossos parceiros pelo novo episódio de ‘Game of Thrones’ ou ‘Stranger Things’ e ficamos sem sexo ’”, afirmou o pesquisador em entrevista à revista Cosmopolitan.
Para dar andamento ao estudo, ele contou que foram realizadas entrevistas com casais entre 16 e 64 anos, que responderam quantas vezes fazem sexo por mês. As respostas, comparadas ao que já havia sido apurado no passado, surpreenderam.
A média, em 1990, foi de cinco vezes ao mês. Em 2000, o número caiu para quatro. Dez anos depois, os casais provaram que já estavam se relacionando menos, quando o número diminuiu para três. Com isso, até 2030, na visão do pesquisador, ninguém mais “perderá tempo” fazendo sexo.
Como lutar contra esses fatos e melhorar a vida sexual?
Para os especialistas, a solução é simples. Enquanto muitos se ocupam com as redes sociais, séries, filmes e programas de TV, é importante saber a hora de se desligar de tudo e voltar às origens, afinal ninguém nasceu grudado com o celular.
Experimente desligar o aparelho por pelo menos uma hora. Longe do estresse e das cobranças de pessoas de fora, você se concentrará no momento de intimidade, não ficará sem sexo e descobrirá que sentir o toque do parceiro sem se preocupar com as mensagens que estão chegando pode ser incrível e até diminuir o estresse.